[2020] O verdadeiro Inimigo: Corona No Mundo

O corona no mundo. Diversas questões sociais tomaram frente – da saúde até economia, da cultura a educação e da humanização, até mesmo, o mercado de trabalho. Inesperadamente surge um vírus que assustou a humanidade com sua velocidade de atingir toda humanidade. 

Anúncios

Mas agora, preciso saber sobre você… o que realmente te aflige? A incerteza de um amanhã, a comida na mesa ou a liberdade privada? Esses são os desafios que você deve estar enfrentando em meio a pandemia. 

Milhares de Centenas de dólares indo água abaixo, um sistema quase resetado e boatos de uma possível guerra entre países, o corona no mundo obrigou todas nações a tomarem decisões urgentes para combater o grande inimigo. 

As profissões de risco

Da mesma maneira, os médicos e cientistas usam seus microscópios para combater a doença, sendo que os centros de pesquisa tentam combater essa guerra criativa através de estratégias que eles ainda desconhecem. 

Anúncios

De primeira, pensávamos que o grupo de risco seria apenas o maior número de infectados, porém, as notícias que circulam é de que não tão somente os de baixa imunidade ou com problemas respiratórios estão partindo. 

A partir daí, levantaram hipóteses de que comportamentos e má alimentação explicam o fenômeno. Você realmente conhece alguém que já padeceu da doença?

Asdúvidas, conspirações e questões começam a surgir. Muitos jovens também tiveram as suas  vidas interrompidas. A dimensão do problemas se tornou tão grande que mal sabemos como será o dia de amanhã. 

Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro Parou de ser o grande inimigo para dar espaço a um vírus letal que anda destruindo a paz de todos. O corona no mundo causou essa terrível guerra e ainda está apenas no começo. 

Estamos nas decisivas semanas de aguardar para que as estatísticas dos infectados e das vítimas não aumentem, O que este momento nos impõe? O que podemos fazer neste momento tão crucial? 

O Corona no Mundo

Anúncios

Entre priorizar saúde ou economia, é evido um equilibrio. Apesar da prioridade ser evitar as mortes, as pessoas também precisam do seu ganha pão. Agora, realmente, a questão é como podemos manter nossas atividades financeiras sem deixar de pensar na questão da saúde?

É algo para refletir. Assim como sair de casa pode causar um risco de ser contaminado, ficar em casa também não te garante que vai conseguir sustentar sua família. 

O único recurso que  temos agora é o mundo digital. Até parece que fomos obrigados a acelerar e aceitar as formas digitais para se trabalhar, comprar coisas e falar com nossos amigos. 

Não se passaram 20 dias e já parece uma eternidade. Mesmo que necessário, o país parou e a pergunta que não quer calar é: até quando vamos ficar confinados? Evidentemente, não resposta clara e muito menos única. 


Escrito por Douglas T.