Como obter o seu Cartão Nubank Ultravioleta

O Cartão Nubank Ultravioleta é a alternativa de cartão Black da empresa que é em metal e tem um sistema de 1%de cashback.

Dessa forma, o valor de volta pode ser recebido em crédito, transformado milhas da Smiles ou investido.

Embora tenha anuidade, os clientes que cumprem com alguns requisitos contam com a anuidade zero, por isso, entenda mais detalhes aqui.

E por falar em requisitos, saiba que você precisa ter mais de 18 anos, morar no Brasil e entrar na fila de espera para obter este cartão.

Solicitando o cartão

Não é necessário comprovar renda para mostrar interesse por este cartão ou ser um correntista.

Porém, saiba que os clientes da marca estão sendo priorizados para o recebimento.

Sendo assim, clique aqui e informe o seu CPF para que a empresa analise o seu perfil e verifique se você faz parte do público que pode contar com esta alternativa.

E logo após mostrar interesse pelo Cartão Nubank Ultravioleta, basta que você fique de olho no app.

Isso porque o cartão ficará disponível para a solicitação.

Nesse sentido, note que você deverá enviar todos os seus documentos para receber o cartão em sua residência.

Uma dica muito interessante do próprio banco é que você deixe o aplicativo atualizado e com todas as notificações ativadas para solicitar assim que estiver disponível.

Por que o Cartão Nubank Ultravioleta vem sem número?

Para encerrar o nosso conteúdo, entenda que esta é uma estratégia do banco que visa a sua segurança.

Nesse sentido, esta é uma forma de evitar acidentes com pessoas mal intencionadas que copiam os dados do seu cartão sem que você perceba e fazem compras sem a sua autorização.

Por isso, os últimos 4 dígitos e também a data de validade do seu cartão físico podem ser vistos somente pelo aplicativo.


Contato da Nubank: 0800 608 6236
Rua Capote Valente, 39 Pinheiros – CEP 05409-000 – São Paulo, SP


* Fonte de informação site: https://www.techtudo.com.br/listas/2021/07/nubank-ultravioleta-veja-como-funciona-o-novo-cartao-e-saiba-como-pedir-o-seu.ghtml


Escrito por Luciana Sampaio