[Baixaram as Portas] As Lojas que FALIRAM no Passado da Capital Paulistana

Resolvi abrir o grande baú paulistano. Muitos de vocês já devem ter transitado pelas ruas movimentadas do centro e já ter visto algum desses lugares, mesmo que com nomes diferentes. 

A memória do passado nos remete aos tempos natalinos, nos quais muitos paulistanos deixavam seus salários nestas lojas que faliram. Além de relembrar e resgatar a memória do passado, as lojas fizeram história e acabaram baixando suas portas. 

Veja as 8 lojas que Faliram no Passado de São Paulo:

#TOP – As lojas que faliram

  1. Mappin

O famoso e antigo Mappin você já deve ter ouvido ou a sua mãe ter comentado algo contigo sobre ela. Há cerca de 106 anos atrás, uma loja surgia através de sua rede de departamentos, lá na Rua Quinze de Novembro. 

A marca famosa inglesa teve mais notoriedade no Brasil quando se mudou para Praça Ramos em 1939, sendo que fez ampliações nos anos 60 e 70. Em 1999, declarou falência. Duas décadas depois, ela está de volta, porém, apenas como e commerce.  

Quer matar as saudades da Loja? Acesse Mappin aqui agora mesmo

  1. Hi-Fi

Você já pode dizer adeus aos discos de uma vez, já que em 2002, essa relíquia veio ao fim. Em 1956, surgia uma nova loja que foi muito famosa em SP. Hélcio Serrano resolveu abrir a loja lá na Rua Augusta e não esperava tamanho sucesso. 

Frequentada por grandes nomes da música, como Elis Regina e Chico Buarque, com uma filial no shopping iguatemi, o dono baixou as portas porque queria curtir a vida com 67 anos. 

  1. Sandiz

Nos anos 80, o Grupo Pão de Açúcar resolveu abrir uma loja de roupas, lá na tão conhecida Rua Augusta. Em 87 foi vendida para um grupo holandês e já vinha com um histórico de baixo faturamento. 

Em 90, a loja Sandiz realmente fechou as portas, sendo que também esteve presente no Rj e no Salvador. Diga adeus a Sandiz para sempre! 🙁

  1. Ducal

Nos anos 50, os cortes de terno para o público masculino marcaram época no centro e no Brás. Não tão só em Sp, mas no RJ e em Minas tinham suas filiais.

Fez sucesso por parcelar em 24 vezes, sendo que um dos seus maiores garotos propaganda foi o Pelé. Nos anos 60, a inflação derrubou muitas empresas e operações, na qual eles resistiram até o ano de 86. Depois, a última unidade do RJ foi fechada. É, realmente, os tempos mudaram. 

  1. Mesbla

De origem francesa, o RJ foi o seu berço. Nos anos 80, essas lojas de departamento foram um sucesso e a Mesbla estava presente em 180 lugares do Brasil. Em 1990, estava no shopping paulista, mas foi comprada pelo Mappin em 96. 

A famosa loja dois em um, foi fechada por problemas financeiros e este foi a sua última que havia restado. 

  1. Sears

Vendendo todas as coisas possíveis, em 1949, desfiles nos anos 550 e liquidações de beleza em outubro, a sua unidade no MorumbiShopping surgiu em 1988. 

Atualmente, hoje ocupa lugar onde foi um dos seus pontos o Shopping Pátio Paulista, chegou o seu final em 1990, já que o senhor Mappin também comprou a loja e levou tudo à falência. 

  1. Botica ao veado d’Ouro

Apesar do excentrico nome, era apenas uma farmacia. A Botica ao Veado D’ouro fechou suas portas em 2008 devido a um escândalo que afirmava que a farmácia teria vendido mais de 1 milhão de pílulas falsas para câncer de próstata, ao inserir farinha nos recipientes. 

Em 98, foi o grande noticiário que repercutiu na mídia e os donos foram acusados. Ela ficava no centro, na Rua São Bento, e era uma farmácia de manipulação. Inclusive, o ex vereador e farmacêutico, Henrique Schaumann, foi um dos primeiros proprietários dessa loja que foi á falência.  

  1. Lojas Arapuã

Em 57, surge em Lins, no interior paulista, uma loja que era de tecidos, mas que resolveu vender eletrodomésticos. O seu auge foi nos anos 90, sendo que na mesma década baixou as suas portas. 

Nesta época, as vendas à prazo foram dificultadas, sendo que em 98, a marca quebrou ao dever cerca de 1 bilhão de reais. Depois, tentou retomar nos anos 2000, com uma loja de roupas, mas não deu muito certo. 

Bom, essas foram as lojas que faliram. Você conhece alguma delas?


* Fonte de Pesquisa: https://www.seudinheiro.com/2020/empresas/os-falidos-do-coronavirus-veja-as-empresas-que-quebraram-na-pandemia/


Escrito por Douglas T.