Outubro Rosa _ Se toca, moça!

Outubro Rosa é um movimento conhecido internacionalmente. Ele teve sua efetivação em 1997, nos Estados Unidos.

No entanto, o movimento já promove ações de conscientização há muitos anos.

O nome foi escolhido, pois faz referência a cor do laço rosa, símbolo mundial na luta contra o câncer de mama.

No que diz respeito ao mês, em outubro, alguns estados já promoviam pequenas ações referente a doença, por exemplo, mutirões de mamografia.

Portanto, esse era o mês ideal para a concentração do movimento.

Antes de prosseguirmos, vale ressaltar que todos os dias é dia de se prevenir contra o câncer de mama e se cuidar.

O mês de outubro é como se fosse uma comemoração pelos esforços realizados, e uma pausa para refletirmos o que mais precisa ser feito para evitar ao máximo que essa doença nos atinja.

Continue lendo esse artigo e saiba mais sobre a doença inimiga do Outubro Rosa.

Sobre o câncer de mama

Essa doença é caracterizada pelo aumento desordenado de células anormais da mama.

Essas células acabam formando um tumor agressivo, que chega a atingir outros órgãos do corpo, até mesmo os mais saudáveis.

Decerto, muita gente não sabe, mas há diferentes tipos de câncer de mama, por exemplo, alguns têm o desenvolvimento acelerado, enquanto outros demoram para crescer.

Independentemente de qual seja o tipo, o descobrimento precoce é o meio mais eficaz para obter resultados positivos no tratamento.

Curiosidade: os homens também têm câncer de mama, contudo, a incidência é mínima.

Para ser mais exato, eles representam apenas 1% do total de casos da doença, ou seja, as chances de uma desenvolver essa doença são raras.

Segundo os dados do INCA, em 2019, 18.295 pessoas morreram de câncer de mama.

Desse número, 227 eram homens, e o restante, mulheres.

Sintomas

Todo mundo sabe que o câncer é uma doença silenciosa, difícil de ser detectada a olho nu.

Aliás, também é por esse motivo que o exame preventivo é essencial e tão reforçado no Outubro Rosa.

No entanto, nesse caso, ele pode ser notado logo no início. O principal sinal da doença são os nódulos, em muitos casos, indolores.

Os nódulos fixos estão presentes em pelo menos 90% dos diagnósticos de câncer de mama.

Eles podem ser percebidos no autoexame, por isso, é muito importante se tocar para verificar se não há nenhum nódulo.

Veja abaixo a tabela da Oncominas, uma clínica referência no combate ao câncer, qual a melhor forma de fazer o autoexame.

Portanto, é um dos principais sinais da doença. Além disso, observe os seguintes sintomas:

  • Alterações no bico do peito;
  • Pele na região dos seios avermelhada, repuxada, lembrando o aspecto de uma casca de laranja;
  • Nódulos menores nas axilas ou no pescoço;
  • Líquido estranho saindo dos seios.

Se por acaso notar qualquer um dos sintomas descritos acima, considere uma consulta com um profissional de saúde.

Outubro Rosa: como se prevenir

Como já foi dito, o Outubro Rosa serve também para enfatizar, enfatizar a importância da prevenção.

Entretanto, prevenir do que, exatamente? Quais são as causas das doenças?

Bom, existem várias causas, a principal é em decorrência da idade, na verdade, pode ser vista como uma consequência.

Em outras palavras, se você não cuida da sua saúde e do seu corpo enquanto é jovem, quando envelhecer no momento em que está mais vulnerável às consequências virão.

Por isso, é importante se cuidar hoje, mesmo que você desenvolva a doença, por causa genética ou hereditária,  possa obter resultados positivos no tratamento e aumentar as chances de cura.

Portanto, a alimentação é uma das melhores formas de prevenir essa e outros milhares de doenças.

Além disso, a prática de exercícios físicos, evitar consumo de bebidas alcoólicas, evitar o tabagismo são métodos de prevenção contra o câncer de mama.

Curiosidade: a amamentação também é uma forma de prevenção contra o câncer de mama.

Pelo menos, 30% dos casos dessa doença podem ter prevenção com um estilo de vida saudável.

Sendo assim, mude hoje mesmo seu estilo de vida e faça consulta periodicamente com o médico.

Ah! Não esqueça de fazer o autoexame uma vez no mês, sempre após a menstruação.

Se já tiver mais de 40 anos, a mamografia deve ser feita uma vez ao ano.

Então, aproveite a campanha do Outubro Rosa e marque a sua mamografia. Você pode fazer isso indo até uma unidade do SUS próximo a sua casa.

Por fim, não deixe de ler nosso artigo sobre alimentos que ajudam a aumentar a imunidade.


Escrito por Nara