Pode guardar alimentos quentes na geladeira?

Hoje vamos falar sobre uma questão que gera bastante dúvida em muita gente. Afinal, pode guardar alimentos quentes na geladeira?

Anúncios


Caso você more sozinho e seja o responsável por comandar a sua própria cozinha, muito provavelmente você já ouviu um velho ensinamento que é passado de geração para geração.

E ele é o seguinte: não pode guardar alimentos quentes na geladeira!

Com o tempo, essa dica foi sendo cada vez mais compartilhada e acabou ganhando o mundo.

E todo esse compartilhamento fez com que a grande maioria dos adultos – e jovens adultos também – já tivessem ouvido essa frase pelo menos uma vez na vida.

O problema desse ensinamento é que ninguém sabe ao certo como surgiu e, com o passar do tempo, foram surgindo novos motivos para justificar essa atitude. 

Anúncios


E isso fez com que ficasse difícil de descobrir o real motivo por trás desse ensinamento. 

Enquanto existem pessoas que dizem que essa prática sobrecarrega a geladeira – e faz aumentar o gasto de energia do eletrodoméstico – outros dizem que tem uma relação com a comida e a perda de nutrientes causada pelo choque térmico.

Mas independente do motivo, o que fica no ar é: pode guardar comida quente na geladeira?

É o que vamos descobrir aqui! Então se você quer tirar essa dúvida, é só continuar lendo para saber mais! 

Pode guardar alimentos quentes na geladeira?

pode guardar alimentos quentes na geladeira
Pode guardar alimentos quentes na geladeira? | Reprodução: Internet

Hoje já vamos direto ao assunto. E a resposta é… pode, porém depende!

Mas calma que a gente te explica! É claro que você pode guardar alimentos quentes na geladeira, porém a prática não é das mais recomendadas.

Anúncios


Mas qual será o motivo para evitar essa prática? 

Por que não pode guardar alimentos quentes na geladeira? 

Lembra dos motivos mais populares que nós sinalizamos lá no primeiro tópico? Um deles é verdade e é o real motivo por trás do costume de evitar essa prática.

Para a sua comida não há mal nenhum. Inclusive, guardar sua comida o mais rápido possível na geladeira pode até mesmo ser algo positivo para os seus alimentos.

Afinal, a prática ajuda na conservação da sua comida e evitando que as bactérias se proliferem de forma rápida.

Quem nunca esqueceu alguma comida fora da geladeira em um dia mais quente que o comum e quando percebeu, a comida já tinha azedado? Isso é justamente por causa dessas bactérias.

Por isso, o real motivo por trás dessa prática está diretamente ligado à conservação da sua geladeira e, consequentemente, ao gasto que ela vai gastar.

E para entender como isso funciona não é difícil.

Ao guardar comida quente na geladeira, essa prática  pode aumentar a temperatura de todo o interior do eletrodoméstico.

E além de correr o risco de acabar prejudicando a conservação de outros alimentos armazenados dentro da geladeira.

Outro ponto para prestar atenção é que se estiver muito quente, isso pode acabar aquecendo um alimento que já estava refrigerado, fazendo com que ele chegue a uma temperatura que não seja segura para a conservação dele.

E mais um ponto que irá te fazer pensar duas vezes antes de guardar os seus alimentos quentes na sua geladeira é que a prática pode pesar no seu bolso.

Como já mencionamos aqui, essa prática pode sobrecarregar a sua geladeira, fazendo com que ela tenha que trabalhar mais para manter a temperatura interna.

E isso fará com que ela gaste mais energia, aumentando a sua conta de luz.

Quanto tempo esperar até guardar os alimentos com segurança na geladeira?

Na verdade, não existe um tempo certo para aguardar antes de guardar os seus alimentos na geladeira.

O ideal é que você aguarde até que o recipiente com o alimento em si esteja em temperatura ambiente antes de guardar.

E pensando na questão de tempo, cerca de 30 minutos tende a ser o tempo necessário para que o seu alimento fique em uma boa temperatura para ir para a sua geladeira sem comprometer o funcionamento dela.

Dicas para a sua geladeira que vão te ajudar a economizar energia elétrica 

E aproveitando que estamos falando de geladeira e energia elétrica, achamos que seria interessante reunir algumas dicas sobre o uso do eletrodoméstico que vão te ajudar a economizar energia no dia a dia.

Afinal, com a conta de luz ficando cada vez mais cara, esse tipo de dica é sempre bem vinda, né? 

Nada de deixar a porta da geladeira aberta por muito tempo

Que atire a primeira pedra quem nunca se pegou abrindo a geladeira sem necessidade alguma, apenas para pensar ou para lembrar de algo.

Pode até parecer algo que faz parte da nossa crença popular, mas muita gente realmente acredita que essa prática funciona.

Mas mesmo que isso possa ajudar a dar aquela força para a sua memória, fazer isso com frequência pode não ser tão legal para a sua conta de luz.

Deixar a porta da sua geladeira por muito tempo e por longos períodos faz com que a sua geladeira precise trabalhar mais e, consequentemente, gastando mais energia.

Portanto, na próxima vez que quiser pensar, é melhor buscar outras formas de dar aquela força para a memória.

Evite aquele antigo hábito de colocar peças para secar atrás da geladeira 

Além de abrir a geladeira para dar aquela pensada na vida, outro hábito muito comum aqui no Brasil é usar a geladeira para secar roupas quando estamos com pressa.

E o brasileiro coloca de tudo para secar atrás da geladeira: meia, camiseta, calça, roupas íntimas e até mesmo tênis.

Mas mesmo que isso te ajude a ganhar tempo, a sua geladeira não gosta muito dessa prática.

Pode até parecer um hábito inofensivo, mas usar a parte traseira da sua geladeira como ‘varal’, pode sobrecarregar a sua geladeira, forçando-a a trabalhar ainda mais.

Levando em consideração esses pontos e adotando essas dicas na sua rotina, a sua relação com a sua geladeira tem tudo para ser cada vez mais econômica, diminuindo as chances de sustos no final do mês.

Gostou do conteúdo de hoje? Então acho que você deveria aproveitar para ler também Acabar com a bagunça: 13 dicas para limpar a casa de forma prática

Escrito por Ivan

Anúncios