Portabilidade de crédito – Benefícios e como funciona

Portabilidade de crédito

A portabilidade de crédito é uma alternativa que não engloba somente os empréstimos, mas também o cartão de crédito, cheque especial e o crédito imobiliário.

Assim, de forma simplificada, o cliente pode transferir a sua dívida para outra instituição e conferir melhores vantagens.

No entanto, esta alternativa rende muitas dúvidas aos consumidores brasileiros.

Portanto, hoje iremos esclarecer como funciona a portabilidade de crédito e quais os seus benefícios reais.

Portabilidade de crédito e suas vantagens

Bom, basicamente a portabilidade representa a transferência de uma dívida que o cliente tem em uma instituição financeira para outra.

Assim, seja este cliente uma pessoa física ou jurídica, o processo pode contar com vantagens diversas.

E dentre as vantagens principais devemos mencionar as taxas de juros menores.

Basicamente por meio da portabilidade de crédito você pode se livrar de taxas abusivas e migrar para uma instituição que forneça juros inferiores.

Com isso, é possível conferir a redução no valor da parcela e a diminuição do valor total do crédito.

E não se preocupe!

O valor do crédito é o mesmo, dessa forma, o que diminui é o valor dos juros pagos a cada mês.

Além disso, o consumidor não precisa se preocupar em abrir uma nova conta bancária.

Diversas instituições financeiras realizam a portabilidade de crédito sem que o cliente seja correntista, ou seja, você pode contar com uma grande facilidade e flexibilidade durante o processo.

Como funciona a portabilidade

Bom, para realizar este processo você deverá solicitar o cálculo da dívida para o seu banco atual.

Fale conosco agora 🔔

vamos te explicar como funciona

Tais informações devem ser fornecidas ao consumidor obrigatoriamente, por isso, se informe a respeito deste valor.

Após solicitar as informações, busque por uma instituição para realizar a portabilidade de crédito.

Os bancos Pan, Daycoval, Cetelem, Inter, Nubank e Neon são alguns exemplos de instituições que realizam o processo.

Assim sendo, informe ao banco escolhido que você pretende realizar a portabilidade, para que a empresa faça um novo contrato a assuma a dívida antiga.

Em seguida, você deve aguardar pela aprovação e finalmente a dívida é quitada com o banco de origem.

Dessa forma, aquilo que você deve é transferido para a instituição escolhida e os pagamentos seguem normalmente.

Será que vale a pena?

Bom, caso você escolha uma instituição correta e que de fato lhe ofereça juros baixos, a portabilidade de crédito é muito vantajosa.

Isso porque apesar de parecer uma diferença pequena, quando consideramos os juros em longo prazo, esta redução no valor das parcelas é muito interessante.

As únicas exceções que tornam a portabilidade inconveniente são as seguintes:

  • Quando faltam poucas parcelas para o contrato com a instituição acabar;
  • Quando as taxas de juros são mantidas.

Por isso, tenha em mente que a portabilidade de crédito pode ser indiferente quando você está encerrando o contrato, pois os benefícios são praticamente imperceptíveis.

Isto é, você passa por um longo processo e a redução das parcelas dura pouco tempo.

Aliás, com a manutenção das taxas de juros, você perde a vantagem da portabilidade.

Por esse motivo, considere a instituição e analise bem as taxas de juros.

Caso haja diminuição e você tenha muito tempo de contrato, aproveite essas vantagens e invista na alternativa.


Contato com a empresa Banco Nubank:

0800 608 6236

Rua Capote Valente, 39 Pinheiros – CEP 05409-000 – São Paulo, SP


*Fonte de pesquisas: Autoria própria


Escrito por Luciana Sampaio