Cachoeira submersa Le Morne _ Saiba tudo!

Todo mundo já viu uma cachoeira tradicional, né? Mas e uma cachoeira submersa? Você já viu? Parece uma ideia um pouco estranha né? Vem conhecer a cachoeira submersa Le Morne

Afinal, nós estamos acostumados com as cachoeiras e outras quedas d’água mais convencionais.

Anúncios


Mas e as cachoeiras submersas? Você já viu uma? Sabe dizer como elas se formam e como elas funcionam? 

E é sobre essas verdadeiras maravilhas da natureza que vamos falar hoje!

Nesse conteúdo, você vai saber mais sobre esse fenômeno, onde ele ocorre e tudo sobre elas!

O que são as cachoeiras submersas? 

Pode-se dizer que uma cachoeira submersa é um fenômeno extremamente raro. 

Tanto que a cachoeira submersa Le Morne das Ilhas Maurício é, até os dias de hoje, a única ocorrência que se tem registro em todo o mundo. 

Anúncios


E, devido ao impacto visual que esse tipo de cachoeira submersa provoca, é praticamente impossível que ela passe despercebida por aí.

Bem semelhante a uma cachoeira como conhecemos, esse fenômeno ocorre bem próximo a praia da ilha, e pode ser visto por quem sobrevoa a região.

Onde ficam as cachoeiras submersas?

Até onde se tem notícias, as cachoeiras submersas são um fenômeno que é encontrado apenas nas Ilhas Maurício, no Oceano Índico. 

Saiba mais sobre as Ilhas Maurício, local que abriga a cachoeira submersa Le Morne

Conheça a cachoeira submersa Le Morne
Conheça a cachoeira submersa Le Morne | Reprodução: Internet

Considerado um dos lugares mais bonitos do mundo, além de ser um verdadeiro paraíso – e abrigar esse fenômeno que é tema do texto de hoje –  as Ilhas Maurício também chamam a atenção do mundo por outros motivos.

Em uma região da ilha, está localizado o Le Morne Barbant.

Considerada uma das montanhas mais bonitas da ilha – e do mundo – o monumento se destaca por sua imponência e beleza.

Como explicar uma cachoeira submersa e a cachoeira submersa Le Morne?

Anúncios


Depois de saber um pouco mais sobre o que são as cachoeiras submersas e onde elas ocorrem, você deve estar pensando como esse tipo de fenômeno é possível, né?

E é aí que está o X da questão.

Na verdade, esse fenômeno que se assemelha bastante a uma cachoeira não é bem uma cachoeira. 

As cachoeiras submersas tratam-se de uma espécie de ilusão. Mas ainda assim, esse tipo de acontecimento não deixa de ser incrível. 

Isso porque toda a areia concentrada no fundo do mar nessa região se comporta de uma maneira peculiar.

Elas “escorrem” de uma maneira que parece que elas estão constantemente caindo, dando a impressão de haver realmente uma cachoeira debaixo de toda a água.

A ilusão provocada por esse tipo de comportamento é tão impressionante que, de determinados, a impressão é de que a ilha e toda a água ao seu redor estão sendo constantemente sugadas para dentro de um gigante ralo localizado dentro do mar.

Além do fator já mencionado das areias, outro fator que contribui para que ocorra esse tipo de ilusão é o próprio mar.

O fluxo de correntes subaquáticas que ocorre no oceano – e particularmente os que se concentram nessa região – ajudam a criar essa cena tão intrigante e surreal ao mesmo tempo.

Onde fica Maurício no mapa?

Ficou curioso para saber onde esse verdadeiro paraíso onde a cachoeira submersa Le Morne está localizada? Vem descobrir onde ficam as Ilhas Maurício, o berço desse fenômeno tão curioso.

Para que você consiga vivenciar a experiência única de presenciar a cachoeira submersa Le Morne, você terá que fazer uma viagem considerável.

As Ilhas Maurício – local onde o fenômeno ocorre – é um arquipélago que está localizado no Oceano Índico. 

E como já comentamos, conhecer o arquipélago é uma viagem considerável porque as Ilhas Maurício ficam a cerca de 800 quilômetros da costa sudeste da África Oriental.

E além de ter que desembolsar uma boa quantia em dinheiro para conseguir acessar todas as belezas deste ponto turístico, saiba que também é necessário levar em consideração toda a logística que envolve essa viagem.

Isso porque não há nenhuma companhia aérea brasileira que faça o trajeto direto saindo daqui até as ilhas.

Para viajar até lá, você pode pegar voos que partem do Rio de Janeiro ou São Paulo com conexão em cidades como Dubai, Joanesburgo, Londres ou Paris.

E só depois de chegar até esses destinos iniciais que você pode pegar um outro voo até o seu destino final.

Mas nem preciso falar que todo esse esforço vale a pena a partir do momento em que você se depara com a cachoeira submersa Le Morne e todas as maravilhas turísticas que o local oferece.

As principais curiosidades sobre a península de Le Morne

península de le monre
As principais curiosidades sobre a península de Le morne / Reprodução: Canva

Agora que já estamos mais familiarizados com as Ilhas Maurício e as belezas desse destino fascinante, chegou a hora de falarmos um pouco mais sobre as principais curiosidades sobre a península de Le Morne, onde a cachoeira submersa está localizada.

Faz parte da lista de patrimônios da UNESCO

Que o Le Morne chama a atenção de turistas do mundo todo você já sabe. Mas essa atenção alcançou novos patamares em julho de 2008, quando o monumento foi declarado um Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Bem importante, né? E não é à toa, já que a paisagem em si é de tirar o fôlego.

O passado histórico da península de Le Morne

Por causa de sua estrutura geológica, ao longo dos séculos XVIII e XIX, a Le Morne Brabant foi utilizada como refúgio pelos escravos fugidos – conhecidos como cimarrones (que, em francês, é “les marrons”).

Por causa da estrutura da montanha, esses grupos de escravos foram criando diversos assentamentos ao longo da montanha.

Devido a esse passado triste envolto na luta em busca da liberdade, com o passar do tempo a montanha passou a representar o sofrimento dos milhares de escravos que passaram pela montanha ao longo desse período.

Qual ilha que fica submersa à noite semelhante a cachoeira submersa Le Morne?

qual ilha que fica submersa à noite? semelhante a cachoeira submersa le morne
Conheça a ilha que fica submersa durante a noite | Reprodução: Internet

Mudando um pouco de assunto, vamos falar sobre outro tipo de ponto turístico com um comportamento curioso e que chama bastante a atenção dos turistas de plantão.

Já imaginou conhecer uma ilha que só fica acessível por um curto período durante o dia e que após esse tempo, ela fica submersa?

E para conhecer esse local com um comportamento bastante diferente curioso não é preciso viajar para o outro lado do mundo nem nada do tipo. Muito pelo contrário!

Essa ilha que fica submersa está localizada aqui no Brasil, em Aracaju!

Além de ser conhecida por suas belíssimas praias que atraem turistas do Brasil – e do mundo todo – todos os meses do ano, Aracaju também conta com a Croa do Goré, uma ilha banhada pelo rio Vaza Barris e que só é visível durante algumas horas do dia.

Essa ilha está localizada na Praia do Mosqueiro, que fica a 30 minutos de carro da Praia do Atalaia – uma das mais famosas da cidade. Inclusive, é de lá que saem os principais barcos para a Croa do Goré.

Apesar da nomenclatura de ilha, Croa é, na verdade, um banco de areia. E nesse caso, ele aparece apenas quando a maré está baixa. O nome desse local é uma homenagem a um caranguejo típico da região, o Goré. Esse caranguejo – assim como a ilha – também se esconde durante algumas horas do dia.

Então se você quiser visitar esse local, se programe para ir durante o período da manhã, quando a maré está baixa e é possível visitar o local tranquilamente.

Qual a cachoeira que sai de dentro da terra?

Achou curioso a existência de uma cachoeira submersa? Então se liga nessa outra cachoeira bastante curiosa que intriga quem vê.

Já imaginou uma cachoeira que sai de dentro da terra? Pois saiba que existe uma cachoeira que tem esse comportamento curioso.

Afinal, estamos acostumados com aquelas cachoeiras clássicas, né? Com um rio com um grande volume de água que termina em uma queda d’água.

Essa tem quase tudo isso. A diferença é que, devido a uma formação peculiar, parece que a cachoeira está saindo diretamente do interior da terra.

Essa cachoeira fica na cidade de Shimla, na Índia.

Confira esse vídeo que mostra essa cachoeira tão peculiar:

Quem aí gostaria de conhecer uma cachoeira tão diferente do que estamos acostumados?

Cachoeira no mar Paraty: outro paraíso além da cachoeira submersa Le Morne

E além das cachoeiras internacionais que já falamos aqui, também temos uma representante nacional na lista de cachoeiras fascinantes.

Apesar de não ser submersa como a cachoeira submersa Le Morne ou a cachoeira que sai de dentro da terra da Índia, esse ponto turístico brasileiro é uma excelente opção para quem quer conhecer alguns dos tesouros da nossa natureza.

Estamos falando da Cachoeira do Saco Bravo, uma cachoeira que deságua no mar.

cachoeira no mar paraty
Cachoeira no mar Paraty / Reprodução: Seguindo Viagem

Localizada em Paraty, no Rio de Janeiro, essa cachoeira está presente neste conteúdo por dois motivos: além da beleza exuberante que esse ponto turístico possui, é importantíssimo destacar o comportamento peculiar da cachoeira.

A cachoeira – que fica em Ponta Negra, uma comunidade de pescadores – é uma cachoeira de água doce que deságua no mar. Muito interessante, né? 

Mas é claro que para acessar esse cenário belíssimo, é necessário se esforçar um pouco.

Para chegar até o local, é necessário encarar trilhas que, para as pessoas que não estão tão acostumadas com esse tipo de atividade, pode ser desafiadora.

Então já sabe, né? Se estiver disposto a conhecer esse local de tirar o fôlego, é necessário se atentar a alguns pontos importantes.

Entre eles, estão: use roupas leves e use calçados adequados, leve uma mochila com itens essenciais – como protetor solar, água e alimentos leves – e se atente aos horários de visita, já que a área conta com uma preservação da natureza local, há um limite diário de visitas.

Outros fenômenos da natureza que chamam a nossa atenção além da cachoeira submersa Le Morne

Todo mundo sabe que, apesar de todo esse tempo, a natureza sempre é capaz de nos surpreender cada dia mais.

Assim como a ilusão de ótica que causa as cachoeiras submersas que citamos hoje, existem diversos tipos de situações ao redor do mundo que são a prova viva disso. 

Inclusive, nós até já falamos sobre alguns desses fenômenos aqui no site. 

Para te ajudar a relembrar um pouco sobre elas, trouxemos de volta um breve resumo sobre cada um desses fenômenos.

Cratera de Darvaza

Uma visão bem menos agradável que a do nosso tema principal? Com certeza. Mas menos fascinante? De jeito nenhum!

Imagine uma cratera bem grande localizada no meio do deserto e que queima há mais de 50 anos. 

Parece coisa de filme, né? Mas não é. Essa é a Cratera de Darvaza, também conhecida como Porta do Inferno. 

Já falamos sobre essa curiosa cratera neste post 👉 Cratera de Darvaza: conheça o lugar que queima sem parar a mais de 50 anos!

Vaadhoo, a praia brilhante nas Maldivas

E uma praia que é igual às outras durante o dia, mas ao anoitecer ela ganha um ar totalmente mágico, com suas luzes brilhantes.

Estamos falando de Vaadhoo, uma praia brilhante que fica nas Maldivas. 

Esse tipo de experiência é uma daquelas que devem ser vistas com os próprios olhos, tamanha a beleza delas.

Saiba mais em 👉 Tudo sobre a praia brilhante em Maldivas, a Vaadhoo!

As Montanhas Coloridas da China

Que tal viajar para o outro lado do mundo e conhecer uma das cadeias de montanhas mais famosas do mundo? Essas são as Montanhas Coloridas da China!

Além da famosa Muralha da China, o país também possui em seu catálogo de pontos turísticos esse fascinante destino.

Um parque que está localizado dentro de uma cadeia de montanhas que chamam a atenção por suas cores diferenciadas.

É, sem dúvida, outro passeio imperdível, provando que a natureza pode sim nos surpreender de diversas formas.

Aproveite para ler também 👉 Montanhas coloridas da china: saiba onde fica e como chegar!

Conclusão

Espero que você não tenha se decepcionado ao descobrir que a cachoeira submersa é, na verdade, uma grande ilusão de ótica.

Mas, por mais que não seja realmente uma cachoeira submersa como todo mundo imagina, a beleza de ser um local tão único segue firme e forte.

Por isso, a dica é: se um dia você tiver a oportunidade de conhecer as Ilhas Maurício, não perca essa chance!

Tenho certeza que você vai amar a experiência de ver a cachoeira submersa com os seus próprios olhos.

Gostou desse conteúdo? Então que tal aproveitar e ler também As casas mais isoladas do mundo: conheça 5 delas

Escrito por Ivan

Anúncios