Cortar cebola sem chorar: conheça a solução definitiva

Sabe os momentos de lágrimas durante o preparo de pratos com cebola na cozinha? Eles estão com os dias contados! Vem saber como cortar cebola sem chorar!

Anúncios


Quem aí gosta de cebola? Seja na salada, como aperitivo ou até mesmo como tempero na hora de preparar a comida, a cebola está muito presente na cozinha dos brasileiros.

Mas apesar disso, ela está bem longe de ser uma unanimidade quando o assunto é cozinha.

Enquanto umas pessoas amam – e defendem com unhas e dentes o uso, outras preferem a cebola bem longe da comida.

E não é preciso ser o maior ‘masterchef’ do mundo para saber de um fato que é clássico quando o assunto é a cozinha: a cebola faz qualquer um chorar!

Independente do tipo de prato em que você usou a cebola, no momento em que você começou a cortá-la – ou cortá-las – os seus olhos já deram um sinal de que algo não estava certo, a ardência começou a tomar conta e provavelmente as lágrimas chegaram, né? 

Anúncios


Mas por que será que esse tipo de situação ocorre somente na hora em que estamos manuseando uma cebola? Será que todo mundo passa por isso? 

Mas pergunta principal: será que é possível cortar cebola sem chorar?

Essas e outras perguntas serão respondidas ao longo do conteúdo de hoje! Neste texto, vamos te explicar melhor o funcionamento da curiosa dinâmica entre nossos olhos e a cebola.

E digo mais: se depender da gente, os dias de lágrimas ao cortar cebola vão ficar para trás! 

Aqui você vai descobrir a solução definitiva – ou seriam soluções definitivas – para alcançar o sonho de qualquer pessoa que cozinha: cortar cebola sem chorar!

Então já prepare a cebola e a faca para aprender as dicas de hoje!

Antes de mais nada, vamos partir do início: por que choramos ao cortar cebola? 

cortar cebola sem chorar
Cortar cebola sem chorar: conheça a solução definitiva | Reprodução: Internet
Anúncios


É muito difícil – para não dizer impossível – encontrar uma pessoa que, sem colocar em prática nenhum dos truques que você vai aprender aqui hoje, não derrame pelo menos uma lágrima no momento em que corta uma cebola.

E apesar de ser um hábito bem comum – tanto que todo mundo que cozinha com frequência já está habituado ou realizam seus truques para não passar por isso – já estão acostumados com esse momento.

Mas como decidimos tratar desse tema no conteúdo de hoje, achamos que é nosso dever explicar o real motivo de passarmos por esse tipo de situação.

Afinal, apesar de ser algo que já estamos acostumados, pouca gente sabe realmente a causa disso acontecer.

E a resposta para essa pergunta culinária está na química. Mais precisamente em um determinado composto.

A resposta para o clássico chororô está no sulfóxido de tiopropanal, um tipo de gás.

E diferente do que muitas pessoas podem pensar, esse gás não está presente necessariamente na estrutura da cebola. 

Esse sulfóxido de tiopropanal é formado justamente no momento em que estamos cortando a cebola.

Nesse momento, algumas células desse vegetal são ‘quebradas’, o que gera a liberação de enzimas chamadas alinases 

Além disso, nesse momento também acontece a liberação de um um grupo de compostos chamado de sulfóxidos-S-alquenil cisteína.

E apesar de estarem separados em diferentes camadas da cebola, eles acabam se ‘misturando’ no processo de corte.

E no meio dos compostos formados, há também os ácidos sulfínicos. Conhecidos por serem bem instáveis, esses ácidos acabam se convertendo no sulfóxido de tiopropanal, que também é conhecido como o gás da lágrima.

Quando esse gás entra em contato com a umidade do olho, causa o ardor, que geram as lágrimas. E quanto mais lágrimas, mais umidade para o gás entrar em contato. 

E aí começa o choro.

A solução definitiva para cortar cebola sem chorar

Depois de ler o tópico anterior e entender um pouco mais sobre como funciona esse processo, dá até a impressão de que fugir das lágrimas ao cortar uma cebola é algo impossível, né?

Mas na verdade não é bem assim! Sabendo bem, tem como evitar essa parte tão desagradável na hora de cozinhar.

A principal dica de hoje envolve usar mais do que apenas a cebola, a sua faca preferida e a tábua de cortes.

Para minimizar os efeitos desse ácido nos seus olhos, a dica é colocar a cebola no congelador antes de usar. 

Não precisa ser muito tempo – até porque ninguém quer uma cebola congelada na receita, né? Pode ser algo em torno de 15 a 20 minutos.

Além disso, de preferência para uma faca bem afiada! Quanto mais afiada ela estiver, mais preciso será o corte e menos enzimas serão liberadas no ar.

Com uma faca sem corte, essas enzimas serão ainda mais destruídas, aumentando a quantidade de ácido no ar e, consequentemente, das suas lágrimas.

Outra opções que podem te ajudar a cortar cebola sem chorar

Agora caso você não esteja disposto a deixar a sua cebola no congelador, não precisa se preocupar.

Além dessa técnica para cortar cebola sem chorar, existem outras que prometem atender o que você busca e manter seu olhos livres de qualquer lágrima.

A seguir, listamos 3 outras dicas que devem te ajudar nessa missão! 

Deixe as suas cebolas em um recipiente com água gelada 

Partindo do mesmo princípio da dica anterior, essa consiste em deixar a cebola de molho na água gelada cerca de 30 minutos antes de cortar. 

Isso ajudará a evitar que o gás se espalhe tanto na hora de cortar.

Mantenha um ventilador ligado por perto

Caso você tenha um ventilador disponível, saiba que ele pode te ajudar na hora de evitar as lágrimas da cebola.

Com um ventilador ligado no ambiente e apontado na sua direção, o vento causado por ele irá ajudar a levar esse gás para bem longe dos seus olhos.

Use a água a seu favor na hora de cortar a cebola

A terceira e última dica é bem simples! 

É só ir passando a cebola pela água enquanto você tá cortando ela. Dessa forma, os gases liberados não chegam até seus olhos.

Gostou deste conteúdo? Então aproveite a oportunidade para ler também A sopa que cozinha há 45 anos sem parar

Escrito por Ivan

Anúncios